Famílias perigo: Como evitar? | Au Pair in USA

Olá.

Como anda sua ansiedade? A minha nesta época de conversar com as famílias estava batendo na minha face a cada segunda que eu recebia um e-mail de uma família interessada em conversar comigo.


Mesma não sabendo 100% qual família será perigo e qual será um amorzinho com você durante seu intercâmbio é bom nos prefinirmos das famílias perigos seguindo um desses pontos:

Antes de fechar o match faça todas as perguntas que você julgar ser necessária, pergunte por coisas que você não ficaria sem morando fora durante 1 ano, ou mais, fora do conforto da sua casa.

Você está pagando pelo programa. Você precisa de conforto, mas não mordomia. São coisas diferentes. 

Por exemplo: carro para poder sair aos finais de semana, ou nos dias que você não precise trabalhar. 

Não é uma obrigação da família te deixar dirigir sempre o carro deles, tem família que tem 5 carros em casa, tem família que tem 2 carros. Vai da consciência de cada uma. Tem família que mora perto de tudo, e te dá um passe de ônibus, trem ou metro. Escolha uma que tiver um boa localização, ou que mesmo sendo tudo longe, te deixe um carro disponível.

Eles podem colocar um horário para você usar o carro, ou podem não te dar um carro para você usar no tempo livro. Isso estaria bom para você? Não? Então converse com a família sobre.


Se puder, mande perguntas por e-mail e deixe tudo salvo. Assim, caso eles tenham falo "vou te deixar um carro" e chegando lá mudem de ideia, você poderá provar que eles falaram ao contrário disso.

Eles são obrigados a te ajudar com a locomoção, principalmente se for para você ir fazer o curso obrigatório para concluir os 6 créditos que as agências exigem.

Eles não terão a obrigação de pagar o gás (gasolina) para você ir fazer suas coisas, mas sim, para quando você for levar os filhos deles para qualquer atividade que você tenha que os dirigir.

Parece algo simples, mas muitas Au Pair sofrem com isso ao chegar na casa da família. Assim também, como sofrem com a parte da comida. Sim, tem família que deixa a Au Pair com fome. 

É importante lembrar que a comida é obrigação da família te oferecer. Você está pagando por isso, e pelo quarto que irá dormir. Sim, o quarto que você dorme, querida Au Pair, é um valor que você paga, esse valor é incluso quando fecha com a agência, mas ninguém vai te falar isso. 

Ou seja, se você quer uma tranca na porta, peça por isso. Tem Au Pair que sofre com a falta de liberdade por não ter uma tranca na porta. A casa é dos seus chefes e suas kids vão entrar lá sem te pedir, então, verifique se você tem tranca. Se não tiver, peça por uma ou converse com sua host family e kids.


Tirando essas coisas simples, que não parecem, mas podem virar uma enorme bola de neve quando você chega lá. Segue mais algumas coisas que deve perguntar:

- Vou ter o final de semana off? (Não é obrigação da família te dar todo final de semana off, converse com eles sobre. Nem toda família que dá final de semana off é perfeita só por isso).

- Vou poder comer o que eu quiser?

- Vou ter um carro só para mim?

- Como é a questão do transporte público no bairro?

- Pergunte se tem horário para voltar para casa e usar o carro.

- Pergunte sobre o schedule das kids.

- Converse com a Au Pair atual. (Caso seja a primeira Au Pair, pergunte se eles já tiveram uma baba e se você pode conversar com ela).

Você vai descobrir que tem milhares de perguntas importantes para fazer, então, fique atenta as dicas das Au Pair mais experientes. E caso queira, posso te enviar por e-mail um documento cheio de perguntas.

Qualquer dúvida sobre o intercâmbio pode me deixar um comentário.
Estou sempre disponível pelo Instagram: @angelar0cha

Angela Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram